Wednesday, July 27, 2011

Tombini diz que medida deixa Brasil mais seguro

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As medidas anunciadas nesta quarta-feira para conter a valorização cambial tornam o Brasil mais seguro para receber investimentos estrangeiros produtivos, ao mesmo tempo que reduzem o potencial de alavancagem contra o dólar, afirmou nesta quarta-feira o presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini.

"A medida vem no sentido de reduzir alavancagem contra o dólar a favor do real. O BC tem agido no sentido de conter os possíveis desdobramentos e riscos que uma entrada de fluxo pode representar, tem agido no sentido de conter esses fluxos... em cima das posições vendidas", afirmou Tombini após participar de evento no Rio de Janeiro.

Para o presidente do BC, a medida de agora faz parte de um escopo que torna o país mais seguro para continuar atraindo investimentos estrangeiros, inclusive produtivos, considerados de melhor qualidade porque tendem a permanecer no país.

"As medidas tornam o Brasil mais seguro, ao longo do tempo, para investimentos produtivos", afirmou ele.
O Brasil vem registrando fortes entradas de investimentos estrangeiros diretos, aqueles voltados à produção. No primeiro semestre deste ano, por exemplo, foram 32,477 bilhões de dólares, cifra recorde.
O dólar subia cerca de 2 por cento nesta quarta-feira após o governo impor uma taxação de 1 por cento sobre as operações de derivativos cambiais feitas por investidores no país, a fim de estancar as sucessivas quedas na cotação da moeda norte-americana.


No comments:

Post a Comment

Postagens populares

New York Time

Copyright 2015 ©
Netvision SA and PlanetM
New York, New York, USA 10008
You can copy this content without permission but you must notify us via email.
Otherwise, it is illegal. All rights reserved worldwide
Operated by Carlos Vassallo

Visualizações de página do mês passado