Friday, October 10, 2014

Fábricas de bolinha de gude e pião sobrevivem e faturam R$ 90 mil por mês

Em uma época em que a atenção das crianças é dividida entre tablets e smartphones, ainda há quem aposte em bolinhas de gude e piões como negócio. É o caso da fábrica Embalado, em Guarulhos (região metropolitana de São Paulo), que vende cerca de 4,5 milhões de esferas de vidro por mês, ao preço de R$ 0,02 cada, e fatura R$ 90 mil.

O dono da fábrica, Antônio Carlos Rielo, 70, produz bolinhas de gude há 40 anos. O produto é feito de restos de vidro, que ele compra de indústrias. Os cacos são derretidos em um forno a 1.300ºC e as gotas do material incandescente caem em um cano que vibra e dá forma esférica ao vidro.

Mais

No comments:

Post a Comment

Postagens populares

New York Time

Copyright 2017 ©
Netvision SA and PlanetM
New York, New York, USA 10008
You can copy this content without permission but you must notify us via email.
Otherwise, it is illegal. All rights reserved worldwide
Updated by Carlos Vassallo

Visualizações de página do mês passado