Tuesday, June 2, 2015

Com Marin, CBF escondeu valores pagos por patrocinadores

As cotas dos patrocinadores da seleção desapareceram do balanço financeiro da CBF na gestão José Maria Marin. O dinheiro arrecadado com as empresas que exploram a imagem da seleção é a maior fonte de recurso da confederação. Só no ano passado, a entidade arrecadou mais de R$ 350 milhões.
Nos dois últimos anos que Marin comandou a entidade, a confederação se recusou a informar quanto recebeu de cada uma das empresas.

"Nós analisamos todas as contas da entidade, mas a responsabilidade do que e como divulgar é da CBF", disse à Folha Nelson Fernando Pfaltzgraff, da RSM Acal, que fez a auditoria independente do balanço do exercício de 2014 da CBF.

Mais

No comments:

Post a Comment

Postagens populares

New York Time

Copyright 2017 ©
Netvision SA and PlanetM
New York, New York, USA 10008
You can copy this content without permission but you must notify us via email.
Otherwise, it is illegal. All rights reserved worldwide
Updated by Carlos Vassallo

Visualizações de página do mês passado